Dreamcatcher

Essa é a terceira tatuagem que faço na Cléo, e todas falam da alma livre que ela é.

Enquanto a tatuava, imaginava ela voando mundo afora, conhecendo a tudo e a todos. E me peguei devaneando sobre todas as experiências, sensações e paixões que a pele dela e suas marcas vão viver ainda.

Todos carregamos nossas marcas por onde vamos, mesmo aquelas que só estão no coração, mas são visíveis no sorriso, nos olhos ou nas palavras… Quanto elas influenciam o que vivemos, o quanto elas fazem de nós o que somos?

E quanto uma tatuagem pode fazer a diferença? Existe um provérbio do povo Iban que diz: “um homem sem tatuagens é invisível para os deuses”.

Espero que as tattoos tragam muita sorte para a Cléo, por onde ela voar!

Design por Dodie, com pequenas alterações.

Comments are closed.