Love

– Liberte-se desse mundo como lhe foi ensinado. Deixe sua alma se erguer para eternidade com o seu último alento. Não o desperdice comigo.
– Eu já desperdicei toda a minha vida. Quero lhe dizer com a força que me resta…”
do filme O Tigre e o Dragão

Falar sobre o amor me lembra dessa história. Mesmo sendo tão contraditório, desistir de toda uma vida – ou de várias vidas – de treinamento, estudo e disciplina buscando a iluminação para trocar por um suspiro de amor é a “prova” mais pungente e pura que consigo imaginar.

Todos os gestos de amor são preciosos. Quando essa é a sua verdade, com cada pedaço de você, por que não fazê-los? Mesmo que eles não sejam eternos, ou não-correspondidos… ou mesmo que sacrifiquemos algo por isso, é assim que fazemos cada batida do coração valer a pena.

Comments are closed.