Cat Love

Não foi minha vida que mudou, mas o meu coração, quando a Lotus e o Lion chegaram.

Eles foram os dois últimos gatinhos que sobreviveram de uma ninhada abandonada, enroladinhos um ao outro como o Yin Yang. Quando minha melhor amiga os trouxe até mim, foi quase como se eu que estivesse sendo adotada, através daqueles olhinhos tão fechadinhos da Lotus e tão azuis do Lion.

Eu não fazia a menor ideia de como cuidar de filhotes tão novos e doentes. O que eu mais fiz foi ficar abraçada a eles, achando que meu calor pudesse dar forças. E agora são eles que me esquentam todos os dias, sempre fazendo a companhia ronronante e aconchegante deles.

Quando a Carine me pediu uma tatuagem que representasse o amor dela pelos animais, especialmente os gatos, foram meses até chegar a uma resposta. Ter o mesmo sentimento no coração pareceu aumentar muito mais a responsabilidade de resumir esse amor imenso em imagem. Até que o ensō me inspirou e me lembrou do círculo, que na simbologia de diversas culturas representa o sol, a vida, o eterno.

É assim que a Lotus e o Lion são para mim, por mais clichê que as palavras soem: o sol que me recebe todos os dias quando eu chego em casa e que esquenta tanto o meu coração.

Comments are closed.