Five spirits of Kung-Fu

O primeiro contato com o Otávio foi há quase dois anos, e desde então este projeto passou por algumas transmutações até encontrar sua verdadeira forma. Estes são os cinco espíritos do kung-fu: a serpente e sua maleabilidade; o leopardo e sua velocidade; o tigre com sua força; a garça e o equilíbrio; e, por fim, o dragão  a realização de todos os animais  com sua sabedoria. Cada animal também representa um elemento da natureza segundo a cultura chinesa. Eles estão em eterna confluência, um completando o outro e formando a alma desta arte marcial.

Nas palavras do próprio Otávio: “eu amo kung-fu, amo a conexão que me traz entre corpo, mente, tempo, espaço e espírito. A prática da arte marcial é uma das coisas que são sagradas para mim.

Quando decidi representar isso na pele, procurei por alguém que tivesse um trabalho próximo do que eu imaginava na minha mente. E eu encontrei. A Natalie me ajudou a melhorar a ideia que eu tinha e fez se tornar realidade, porque ela ama seu trabalho. Transformou os 5 animais tradicionais do Kung fu e seus elementos em 5 espíritos que dançam e se complementam, num eterno ciclo. Cada animal representando um elemento e uma característica, todos se unindo para se tornar um, como eu mesmo, que sou vários pedaços que tentam se tornar um.

Todo esse processo, de dois anos, foi também um processo de aprendizagem, transformações e conhecimento. E só posso agradecer por ter dado ainda mais significado a uma ideia com sua arte.”

Nas fotos, tatuagem cicatrizada há dois meses. Ilustração do dragão por Victor Inafuko. Fotos por Dan Lucato.

Comments are closed.