Koi+Sakura

Esta é a minha releitura da clássica composição do koi fish e sakuras — a carpa e as flores de cerejeira — tão presente nas tatuagens orientais.

Muito obrigada pela confiança, Luciana!

Sakura

Quero ainda ver
nas flores no amanhecer
a face de um deus.
— Haikai de Matsuo Bashô

A tatuagem da Munyra é inspirada em pinturas japonesas mais tradicionais.

Origami Tsuru

Tatuagem delicada de origami de tsuru – a garça, uma ave sagrada para os japoneses – no tornozelo da Larissa.

Cherry Blossoms + Bird

Me escute, o seu corpo não é um templo. Templos podem ser destruídos e profanados. O seu corpo é uma floresta — densas copas de árvores de bordo e flores silvestres de perfume doce brotando na relva. Você vai voltar a crescer, de novo e de novo, não importa o quanto você tenha sido devastada.
— Beau Christopher Taplin

Foto por Dan Lucato

Dragon+Sakura

O dragão e a sakura. A força e a suavidade, o eterno e o efêmero, o yang e o yin.

Percorrer o ‘caminho do meio’ não é o mesmo que ficar no meio do caminho entre um oposto e outro. Buscar a harmonia não é sinônimo de estar em cima do muro.

O equilíbrio está justamente na sabedoria em ser e viver os dois extremos de tudo, cada um em seu momento e um a cada movimento. Em compreender e cultivar o yin e o yang em nós e no mundo, pois nada é pleno sem o seu oposto.

Obrigada Akira pela confiança!

Sakura

Talvez haja uma matemática sagrada para quanto mais intensa, mais curta a vida é.

Ao menos, muitas coisas parecem viver pouco demais em comparação com o quanto são preciosas. É assim com os animais, as flores e os amores.

Mas são essas breves intensidades que fazem tudo valer a pena, inclusive a dor de quando elas se vão.

E para a Jaque, o meu desejo é que venham muitos dias tão bonitos quanto aqueles que se foram.

“A morte é o caminho para o sublime”
do filme Fonte da Vida

Sakura

“A flor perfeita é rara. Podemos passar a vida toda para encontrá-la e mesmo assim não seria um desperdício”
– do filme ‘O Último Samurai’

Sem uma razão aparente, muita gente me procurou ao mesmo tempo para o mesmo design: flores de cerejeira.

Sempre procuramos fugir dos lugares-comuns, mas alguns temas são tão belos que o status de clichê nem os atingem. A sakura é o símbolo do que é precioso e efêmero, da importância de se aproveitar o breve momento presente, do “viver o agora sem medo”.

E o desafio está em encontrar a flor perfeita para cada pessoa, pois a tatuagem tem essa força de expôr na pele o que faz de nós uma existência única em meio a tantas.

Mesmo com uma vida tão breve, a sakura é uma das maiores inspirações sobre como devemos viver. “As coisas são como devem ser e tudo o que podemos fazer é trazer um pouco mais de bondade [e beleza] a este mundo” (Hsing Yün).