\

Five spirits of Kung-Fu

O primeiro contato com o Otávio foi há quase dois anos, e desde então este projeto passou por algumas transmutações até encontrar sua verdadeira forma. Estes são os cinco espíritos do kung-fu: a serpente e sua maleabilidade; o leopardo e sua velocidade; o tigre com sua força; a garça e o equilíbrio; e, por fim, o dragão  a realização de todos os animais  com sua sabedoria. Cada animal também representa um elemento da natureza segundo a cultura chinesa. Eles estão em eterna confluência, um completando o outro e formando a alma desta arte marcial.

Nas palavras do próprio Otávio: “eu amo kung-fu, amo a conexão que me traz entre corpo, mente, tempo, espaço e espírito. A prática da arte marcial é uma das coisas que são sagradas para mim.

Quando decidi representar isso na pele, procurei por alguém que tivesse um trabalho próximo do que eu imaginava na minha mente. E eu encontrei. A Natalie me ajudou a melhorar a ideia que eu tinha e fez se tornar realidade, porque ela ama seu trabalho. Transformou os 5 animais tradicionais do Kung fu e seus elementos em 5 espíritos que dançam e se complementam, num eterno ciclo. Cada animal representando um elemento e uma característica, todos se unindo para se tornar um, como eu mesmo, que sou vários pedaços que tentam se tornar um.

Todo esse processo, de dois anos, foi também um processo de aprendizagem, transformações e conhecimento. E só posso agradecer por ter dado ainda mais significado a uma ideia com sua arte.”

Nas fotos, tatuagem cicatrizada há dois meses. Ilustração do dragão por Victor Inafuko. Fotos por Dan Lucato.

Christian faith

Na língua japonesa, há várias palavras para os diferentes significados de fé. ‘Shinkou’ é a crença em algo superior, acima de nós.

Diversas vezes parece haver uma força maior que traz pessoas em sintonia num mesmo período, como uma onda, procurando tatuar a mesma temática. É como uma “mãozinha” divina, que me estimula a pesquisar e pensar intensamente, para sair dos lugares-comuns e criar designs mais originais.

O peixe é um símbolo importante do Cristianismo, talvez mais antigo que a cruz. E encaixou-se perfeitamente com o shodo (caligrafia japonesa), fazendo com que todos os detalhes da tatuagem representassem, em harmonia, a fé do Vinícius.

Mori

Homenagem à família com estilo!

Ancestry

Como bracelete, ele agora carrega os nomes de todos os seus avós, para que o acompanhem onde quer que vá. Homenagem muito bonita que o Luiz fez para os seus antepassados!

the GazettE

‘the Gazette’ é uma banda japonesa muito famosa, e na tatuagem está escrito um trecho de sua música ‘Miseinen’.

Jiu-jitsu

Mais uma vez, marco a pele de um dos meus irmãos! Desta vez com o kanji de jiu-jitsu, a arte marcial que ele pratica e ama.

Jiu-jitsu se escreve com os ideogramas para ‘suave’ e ‘arte’. Esta técnica surgiu quando os combates eram enfrentados sobretudo com espadas, porém um samurai precisava saber se virar sem sua arma e abater um inimigo de armadura com as mãos limpas. Por isso tantas torções, agarramentos e técnicas de submissão.

Acho muito interessante uma prática de luta não se basear totalmente na força do artista marcial. Mas sim fazê-lo saber usar a força do oponente e ser capaz de enfrentar lutadores maiores que ele. A diferença em um vencedor está em sua técnica, sua inteligência e disciplina, e não só em quanto ele bate forte.

Um princípio que podemos levar para a vida, não?

Ren + Lotus

Uma semente de lótus pode esperar séculos e séculos para germinar. Ela espera pacientemente o momento certo, as condições ideais. E quando encontra suas águas turvas e lamacentas, ela enfim desperta e ultrapassa a escuridão do lodo para a luz da superfície. Para se abrir em uma flor pura e bela, apesar de toda a lama que a cerca.

Assim como uma lótus não existe em águas limpas, nós não somos completos se não experimentamos a dor. Ela tantas vezes é uma condição para o florescer de tudo que é bonito em nós. Ela está no amor, na arte, na sabedoria, na gratidão, na compaixão.

Também penso que as tatuagens podem ser como flores de lótus. Imagens bonitas que emergem na superfície da pele, mas com raízes no fundo de nossas memórias, valores e coisas amadas.

O kanji da tatuagem do Rafael lê-se ‘ren’ em chinês e significa “sofrer, persistir, suportar”, e adicionamos a lótus por conta da história que o trouxe até aqui. Que ela sempre lhe dê forças forças para sobreviver às tempestades e o leve a lugares mais floridos!